Fatores-chave que apoiam a educação para surdos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
A educação pode ser definida como o ato de adquirir conhecimento geral, desenvolvendo raciocínio e julgamento, e geralmente preparando-se para a vida adulta. Um conceito básico, mas para alunos surdos e com deficiência auditiva, ainda existem obstáculos evidentes em relação à qualidade da educação.
As necessidades específicas que devem ser levadas em conta na educação para surdos mobilizaram esforços internacionais para apoiar várias iniciativas de melhoramento. O Congresso Internacional de Educação de Surdos, realizado a cada cinco anos, tem como objetivo criar um ambiente composto por profissionais e educadores e de alunos surdos, com o objetivo de abordar questões proeminentes no campo da educação de surdos; tais como: desenvolvimento da alfabetização, uso de ajudas tecnológicas, ferramentas de comunicação e realização acadêmica geral.

A Educação para Surdos e 5 fatores principais para garantir o sucesso a longo prazo

Infelizmente, a história da educação para surdos não é tão consistente quanto a da educação tradicional. Muitas vezes, os alunos Surdos e Deficientes Auditivos são colocados em salas de aula que não são totalmente adaptadas para lidar com as etapas necessárias da educação, criando assim uma lacuna entre o que conseguem realizar e seu potencial que pode deter permanentemente o sucesso se não for abordado adequadamente.

De acordo com uma educadora veterana de surdos e deficientes auditivos, Kelly K. Metz, há cinco fatores-chave que podem influenciar positivamente o resultado desta lacuna e fornecer insights sobre a educação ideal para os surdos para apoiar os alunos à medida que crescem:
  • Altas Expectativas: Existe uma correlação entre as expectativas elevadas do professor e o desempenho do aluno. Criar um ambiente de engajamento constante aumenta a motivação do aluno. Além disso, parabenizar as competências básicas e usar o encorajamento para combater as dificuldades, preenche a lacuna para alcançar outros objetivos.
  • Instrução Orientada para Avaliação: Resultados mensuráveis podem orientar os educadores sobre o conteúdo que precisa ser ensinado e quais estratégias precisam ser implementadas. Existem várias avaliações e ferramentas, tais como revisão de registros, instrumentos de triagem e os testes especializados WJ-IV.
  • Coleta de dados: Isso é necessário para documentar as competências e o progresso em relação às metas estabelecidas pelo estado, o Programa de Educação Individualizada (PEI) e os padrões individuais dos países.
  • Lembre-se do I em PEI: É importante que os alunos mantenham a individualidade. Isso inclui muitos aspectos da educação para surdos: desde o local, aos serviços, a comunicação e os métodos de ensino. Cada aluno é diferente e é importante que os educadores e a família reconheçam estes diferentes aspectos, que são eficazes com cada aluno, de forma a apoiar o seu sucesso e manter a motivação.
  • Habilidades de Comunicação: ofereça todos os benefícios: O céu é o limite. Os alunos merecem a oportunidade de desenvolver todas as suas habilidades de comunicação na máxima extensão possível. Isso inclui suporte para o uso de comunicação oral ou língua de sinais, desde que ao aluno surdo ou com deficiência auditiva não seja negada nenhuma forma de comunicação básica.
É da responsabilidade desses educadores especializados, não apenas ensinar independentemente do assunto, mas também apoiar as dificuldades e frustrações, prestando assistência sempre que necessário, antes que as consequências negativas criem uma lacuna entre o desempenho e o potencial. Ao invés de destacar as diferenças, para alcançar um bom sistema de educação para surdos é necessário criar expectativas elevadas, adequar-se à individualidade e apoiar uma comunicação completa. Dessa forma, os educadores podem ajudar os alunos a atender aos requisitos e comparações com práticas educacionais tradicionais e prepará-los para desafios futuros.
deaf education

Pedius Apoiando a Educação para Surdos

A formação não pára depois que os alunos deixam a escola, mas é um percurso que continua também no local de trabalho. Para garantir acesso total a todos os tipos de formação incluindo treinamento vocacional, Pedius criou uma ferramenta para incentivar e desenvolver a inclusão de funcionários surdos que desejam participar de cursos internos de formação da empresa. Graças à tecnologia inovadora da Pedius e a um microfone conectado a um tablet, o funcionário surdo pode ler as legendas da aula em tempo real e participar ativamente do treinamento. O uso da tecnologia Pedius permite que os funcionários surdos utilizem os talentos e habilidades adquiridas durante sua educação, criando um ambiente saudável e eficiente.
Lauren Anders

Lauren Anders

Graduada em Negócios Internacionais e com um recente MBA - desfrutando de seu estilo de vida italiano. Desde 2016, trabalha na Pedius como Business Developer para todos os países de língua inglesa.

Inscreva-se em nossa Newsletter: